Bem vindo a este espaço de bem...

Se amas a Deus e ao próximo, se gostas de saber/discutir pontos de vista, se gostas de reflexões... Este é o teu espaço... Boa visita...

quarta-feira, janeiro 10, 2007

Carta Pastoral 2006/2007 (5)

5. A vós jovens: levantai-vos e não tenhais medo!



A vós jovens reservo uma palavra amiga de encorajamento. Sei como é difícil a um jovem orientar-se e orientar a própria vida em sentido diverso e melhor, segundo o projecto de Deus, neste mundo que se assemelha a uma grande feira em que são oferecidos os mais variados projectos e modelos, cada qual na embalagem mais sedutora. Quero dizer-vos, por experiência própria, que em Jesus Cristo encontramos tudo o que torna a vida verdadeira, digna, livre, nobre, grande e bela. Não vos deixeis cair na indiferença, na superficialidade e na mediocridade de vida.

Procurai dar à vossa vida um projecto belo. Se, no mais íntimo, sentirdes o chamamento do Senhor ao sacerdócio ou à vida religiosa, sede generosos, não o recuseis! Cultivai os anseios próprios da vossa idade, mas não fecheis o coração aos apelos de Deus. E se vos assaltar o temor, ouvi a palavra de encorajamento de Cristo aos apóstolos após a contemplação da transfiguração e que faço minha: “levantai-vos e não tenhais medo”! Com palavras de João Paulo II quero expressar a minha confiança em vós: “O terceiro milénio aguarda a contribuição de uma multidão de jovens consagrados, para que o mundo se torne mais sereno e capaz de acolher Deus e, n’Ele, todos os Seus filhos e filhas” (VC 106). Ouso mesmo oferecer-vos uma breve oração:



“Senhor Jesus,

Torna-me atento e vigilante

No discernimento da vontade do Pai,

Para que eu possa em tudo realizar a vocação

Com que Ele, desde sempre, me quis e amou.

Na hora da dúvida e da provação

Dá-me a certeza de não estar só

Mas de saber e querer-Te próximo,

Para viver contigo a minha oferta,

Seguindo-Te humilde e confiadamente

No serviço da Tua Igreja e do mundo”.



Para terminar, quero fazer um pedido premente a todos, irmãos e irmãs na fé desta Igreja de Leiria – Fátima: acolhei esta carta como impulso para uma meditação sobre a vocação cristã, para uma mais intensa corresponsabilidade de todos os cristãos na promoção das vocações, sobretudo sacerdotais; fazei tudo o que seja possível, em particular através da oração, para que este ano pastoral dedicado às vocações dê muitos frutos. Seria a melhor e mais bela prenda que me poderiam oferecer neste primeiro ano como vosso bispo.

Mesmo nos momentos difíceis da história, o Espírito Santo trabalha e encoraja-nos a semear com confiança, sobretudo no coração das novas gerações. É uma certeza da fé.

Contemplando Maria, a cheia de graça, a mulher do “sim” a Deus, compreenderemos e ajudaremos a compreender a beleza de uma existência entregue ao projecto de Deus. Com Ela seremos capazes de fazer opções vocacionais para que esta beleza se torne vida e irradie para o mundo.



Saúda-vos afectuosamente,


+ António Marto, Bispo de Leiria – Fátima

1 comentário:

Ana disse...

O Papa João Paulo II dizia que os jovens eram as joias da Sua coroa.

Gostaria de saber se, realmente, eu mereço ser joia... Pois acredito faltarem-me muitas qualidades.

Tudo de bom para ti... Tu mereces todas as coisas boas que te acontecem na vida!!
Bjinhos desta amiga que te adora muito!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!