Bem vindo a este espaço de bem...

Se amas a Deus e ao próximo, se gostas de saber/discutir pontos de vista, se gostas de reflexões... Este é o teu espaço... Boa visita...

segunda-feira, outubro 16, 2006

Procuro-me...

Procuro-me e não me encontro...

Procuro-me dentro de mim... Dentro daquela que era... Dentro daquela que sou... Mas não me encontro...
Procuro-me nas pessoas que me rodeiam... Nos meus pais... Nos meus amigos... No meu namorado... Nos meus colegas... Mas não me encontro...
Procuro-me nas actividades que exerço... Grupos que dirijo... Coisas que gosto de fazer... Mas não me encontro...
Procuro-me em tudo... E em nada... E não me encontro...



Quem sou eu afinal???

1 comentário:

Ana disse...

“Ser ou não ser – eis a questão.
Será mais nobre sofrer na alma
Pedradas e flechadas do destino feroz
Ou pegar em armas contra o mar de angústias –
E, combatendo-o, dar-lhe fim? Morrer; dormir;
Só isso. E com o sono – dizem – extinguir
Dores do coração e as mil mazelas naturais
A que a carne é sujeita; eis uma consumação
Ardentemente desejável. Morrer; dormir;
Dormir! Talvez sonhar. Aí está o obstáculo!
Os sonhos que hão de vir no sono da morte
Quando tivermos escapado ao tumulto vital
Nos obrigam a hesitar: e é essa reflexão
Que dá à desventura uma vida tão longa.”

William Shakespeare


Existem perguntas que devem ser obrigatoriamente respondidas para uma boa vivência humana.

«Quem sou eu afinal???»

Quem somos nós? O que fazemos nesta vida?
Só existe uma vida. E o necessário é construir uma vida com sentido, encontrar a razão de ser da nossa existência.
Mas como? Como fazé-lo? É provavelmente a mais difícil e demorada tarefa humana. Descobrir o Sentido da Vida, da nossa Existência.


Oxalá descobras um Caminho para a Tua Vida. E que ele seja o melhor de tudo o resto. Faz tudo o que puderes por favor!
E nunca desistas de lutar mesmo que a batalha seja difícil.


"Sei que vivemos para amar a Deus e ao próximo e ser muito felizes no amor de Cristo. Vivemos para ir para o Céu. E o caminho para lá é construir o Céu à nossa volta. Deus é a resposta a essas perguntas."

in A Odisseia de Isabel, João César das Neves