Bem vindo a este espaço de bem...

Se amas a Deus e ao próximo, se gostas de saber/discutir pontos de vista, se gostas de reflexões... Este é o teu espaço... Boa visita...

segunda-feira, fevereiro 05, 2007

Para Pessoas Muito Especiais...

Hoje decidi colocar um post dedicado a duas pessoas que significam muito para mim! Espero que saibam quem são...

Não aguento mais ver pessoas que tanto amo sofrerem...
Não sei o que se passa contigo minha amiga... Sinto que estás a sofrer muito... Que escreves muito ao teu anjo da guarda... E eu em nada te consigo ajudar...
Meu querido... Andas desanimado... E eu tenho consciência que ainda te deixo pior... Devido ao meu stress e problemas que tu sabes melhor que ninguém... Entendo o teu desanimo... Mas não te posso deixar ficar tão em baixo... Pois tu não és nenhum zé-ninguém... Quero que entendas isso...

Meus amigos... Vocês são muito especiais para mim... E sem vocês não sou nada... Começo a perder as forças, e nada consigo fazer por vocês... E se não consigo fazer nada por vocês, não consigo fazer nada por mais ninguém...

Quero ajudar todos, mas especialmente aqueles que são tão especiais para mim...
Visto não conseguir ajudar... Visto não ser a pessoa que poderia fazer algo por vocês... Peço imensas desculpas... E resta-me rezar por vocês... Pedindo a Deus que vos proteja e que vos ajude... Pois se vocês não merecem... Mais ninguém merece...


Fiquem em Paz...

Vocês são realmente especiais para mim...

2 comentários:

andre pereira disse...

sem ti eu estaria perdido
sem ti eu não seria ninguém
e se eu alguma vez for alguém
será por causa de te ter encontrado

AMO-TE MUITO

Ana disse...

descobri que me falta o mar. sinto a falta dele. é do mar que o meu coração guarda mais saudades. cada vez mais preciso daquela calma que o mar me transmitia.
há dias, um amigo meu aconselhou.me a uma banda de rock muito boa, não daquelas que chamam a qualquer coisa música. confesso que acabei por comprar o cd. era de facto excelente, temas muito bons. mas não consegui ouvir mais do que uma vez cada faixa. não me consegui identificar com todo aquele barulho, toda aquela agitação. sinto tanta falta do silêncio, Joana... tanta, Deus meu! e o mar dava.me esse silêncio.
mas entretanto, algumas pessoas oferecem.me pequenas conchas e búzios (mesmo sem eu saber que necessitava delas) que me enriquecem de recordações e memórias. e assim, eu vou completando, pouco a pouco, a minha praia.se.mar, pois o mar só eu o posso conseguir!!
Joanita, as tuas palavras são para mim verdadeiras estrelas.do.mar, que dão cor e encanto à minha praia. a tua presença constante é para mim um Sinal claro da permanência de Deus no meu Mar.
não preciso, não quero que me dês o mar... unicamente, preciso de pistas para lá chegar, e isso já tu fazes todos os dias!
********...

muitos beijinhos com pitadas de sal,
Ana**.