Bem vindo a este espaço de bem...

Se amas a Deus e ao próximo, se gostas de saber/discutir pontos de vista, se gostas de reflexões... Este é o teu espaço... Boa visita...

sábado, setembro 09, 2006

Taizé... Um sentido para a vida...

Mais uma viagem a Taizé... Mais uma experiência vivida... Novas pessoas conheci... Novos amigos fiz... Mais um pouco de inglês que falei, ou melhor, que fui forçada a falar, senão iria permanecer em silêncio (as minhas colegas de camarata não eram portuguesas, embora uma ande a estudar português)... Mais uma vez que enchi o meu coração com o Amor que Deus tem para nos dar...




Aqui deixo algumas imagens de Taizé para se poderem deliciar...


A chegada a Taizé... Eram 8h da manhã...

A Inês, eu e a Dulce, no lago de Taizé...

A igreja de Taizé... Onde todos nos reuniamos 3 vezes por dia para rezar...


Agora resta espalhar a força que Taizé me deu... O Amor e a Palavra de Deus...

1 comentário:

Ana Felício disse...

Se conhecesses o dom de Deus... (Jo 4, 10 )

Qualquer que seja a experiência que nos conduza até Deus, é e será sempre uma acção de um enriquecimento infindável. Recebe-se muito mais do que se poderia imaginar.
Taizé é um lugar de encontro. Não mentimos ao dizer que Taizé é um local onde conhecemos pessoas novas, sim. Mas isso é relatar uma realidade muito pequena. Taizé é antes um local onde conhecemos Deus. Um local onde nos encontramos com Ele...
Ele que se quis fazer presente entre nós para dar um exemplo de vida. Uma vida de humildade e simplicidade.
"É nas coisas simples que encontramos a verdadeira beleza". Creio que esta citação traduz aquilo que se encontra em Taizé. Lá cada um tem uma vida de simplicidade ao jeito de Jesus Cristo. Em Taizé ninguém recorre a grandes coisas para ser feliz...
Quantas vezes andamos perdidos sem saber por que caminho ir. Cristo dá-nos a resposta: entregue-mo-nos totalmente a Ele. Ele é "o Caminho, a Verdade e a Vida".

Escrevo este texto com base nos relatos que já ouvi de pessoas que foram a Taizé. Relatos claros que deixam passar toda a essência de Taizé.


«Outra coisa não é, a meu parecer, a oração mental senão tratar de amizade - estando muitas vezes tratando a sós - com quem sabemos que nos ama», Santa Teresa de Ávila